Sótão empoeirado dá lugar a novos ambientes na casa

1

 

O velho sótão empoeirado pode dar lugar a ambientes extremamente aconchegantes. Com pequenas reformas e um pouco de criatividade, o espaço utilizado geralmente como dispensa pode ser facilmente transformado em escritório, biblioteca, ateliê ou até mesmo sala de ginástica.

O sótão pode ser utilizado para montar qualquer tipo de ambiente, incluindo home theater, escritório, biblioteca e quarto de hóspedes, entre outros.

Alguns cuidados devem ser tomados antes de ocupar o espaço. O acesso ao sótão deve ser fácil para que o local seja utilizado com frequência e não vire um depósito. Por isso, escadas fixas são sempre indicadas no lugar dos modelos mais compactos, que podem ser puxados junto com o alçapão.

A iluminação deve ser suficiente para que o morador realize normalmente suas tarefas. Para ambientes escuros, uma boa opção é a instalação das janelas de telhado, que podem ser colocadas na própria estrutura de sustentação das telhas, sem ocupar espaço.

Outro ponto importante é o cuidado com o conforto térmico do ambiente. Por estar muito próximo das telhas, o sótão costuma ser um lugar quente em dias de sol. O problema pode ser evitado com a colocação de mantas aluminizadas, que além de protegerem contra goteiras e infiltrações causadas pela chuva, também ajudam a manter a temperatura do ambiente em níveis confortáveis, atuando como isolante térmico.

Acabe com o problema de espelhos embaçados

15

 

Uma situação bastante comum é ter que enxugar o espelho do banheiro após o banho. Para solucionar esse problema, já existe no mercado nacional um adesivo térmico em poliéster, que aquece a superfície do espelho a uma temperatura de 35º C, evitando, assim, que embace. O produto, da Espelhos Leão, mede 320 mm x 320 mm, tem espessura aproximada de 0,2 mm, é resistente à umidade, vibrações e desgaste pela ação do tempo, e deve ser colado na parte de trás do espelho.

O Magic Mirror pode ser aplicado em qualquer tipo de espelho, desde que não esteja colado na parede ou tenha uma manta acrílica por trás. A ligação na rede elétrica pode ser feita no interruptor da luz do banheiro ou na luminária do espelho. Outra opção é ligá-lo a uma tomada. Quando o interruptor é acionado, o equipamento entra em funcionamento.

Embora o produto aqueça a superfície do espelho, o produto não tem problema de aquecimento excessivo. Outro detallhe é que o Magic Mirror consome pouca energia elétrica. Seu consumo médio é de 45 Watts.

Azulejos: trocar, aplicar novos sobre antigos ou pintar?

14

 

Trocar os azulejos leva ao menos uma semana e ainda requer gastos com mão de obra e tempo para administrar o transtorno com a interdição do ambiente.

Para uma reforma mais rápida e econômica, uma alternativa é a pintura de azulejos. No banheiro, porém, a pintura, deve ficar restrita à área externa do box, por causa da umidade“. Sendo assim, orienta-se pela troca dos azulejos no box.

Azulejo sobre azulejo: É necessário ter cuidado ao considerar a colocação de azulejos sobre azulejos, pois envolve uma série de variáveis que devem ser observadas antes de se executar a reforma: a profundidade da parede, as guarnições e caixas de luz, entre outros detalhes.

Estes itens “precisam ser avaliados por um profissional no local, para evitar que futuros problemas não acabem encarecendo a obra”. Além disso, “é perigoso que os azulejos se soltem com o tempo” por conta de estufamento ou outros transtornos relacionados à vida útil do material. O custo da mão de obra para a colocação também deve ser levado em consideração.

Há ainda uma alternativa que tem se tornado tendência na decoração, que é prática e possui custo semelhante aos papéis de parede de preço mediano. Trata-se de azulejos de plástico que podem ser aplicados sobre os revestimentos antigos e fixados com cola de silicone. As placas têm 3,5 mm de espessura e é possível montar o próprio painel, com diferentes possibilidades de desenhos.

Dicas para a aplicação de papel de parede

13

 

Nos últimos anos o papel de parede se transformou em um dos acessórios mais desejados da decoração, afinal, sua versatilidade e facilidade de instalação permite quebrar a monotonia dos ambientes rapidamente. Mas a escolha do papel de parede não é tão simples assim. Além de pensar na harmonia de cores e estampas, é preciso considerar muitos outros detalhes que vão fazer toda a diferença na decoração e, também, no bolso.

O primeiro passo é verificar se a superfície na qual o papel de parede será aplicado não possui umidade e se é lisa, caso contrário, o efeito desejado não será alcançado.

Também é preciso muita atenção quanto ao dimensionamento do papel. Antes de definir a quantidade de rolos, é importante calcular a perda de material. A maioria dos rolos tem 53 centímetros de largura por 10 metros de comprimento. No caso de uma parede de 3m x 3m, serão necessários dois rolos, pois cada um fará três faixas.

Mas se o papel de parede tiver flores, bolas, grafismos e outras estampas, será preciso levar em conta o tamanho da padronagem e a frequência com que ela se repete para que os encaixes fiquem perfeitos. Por isso, se o papel não for liso ou com listras, o cálculo de perda de material será maior conforme o tamanho do desenho.

O que deve ser evitado na decoração da sua cozinha

12

 

1 – Paninhos de crochê e caminho de mesa só devem ser usados em alguma composição de casa de campo. No ambiente urbano nunca. Também não se deve usar capa de botijão, de galão de água ou de liquidificador;

2 – Piso branco também não deve ser usado porque aparece muito a sujeira;

3 – A composição de tapetes é um erro. Opte por uma passadeira bem legal e que seja rasteira para poder passar a vassoura;

4 – Faixa no azulejo com flores ou bules também devem ser evitados;

5 – Evite também vidros com desenhos nas cristaleiras.

Dicas para evitar incêndios em sua casa ou apartamento

11

 

– Nunca deixe a panela no fogão ligado sem que você possa observá-la. Se o seu equipamento tiver controlador de tempo, acione ele para evitar o esquecimento;

– Metais e papel alumínio nunca devem ser colocados dentro do micro-ondas;

– Mantenha longe do fogão materiais que possam pegar fogo facilmente, como papel toalha, alumínio e líquidos inflamáveis;

– Caso sinta cheiro de gás pela casa, não acenda a luz, pois, se houver vazamento, você poderá criar uma faísca e causar uma explosão;

– Compre botijões de gás somente através de distribuidoras oficiais;

– A fiação do imóvel deve ser mantida isolada e em bom estado;

– Não deixe velas acesas sem que você esteja por perto ou enquanto dorme;

– Ao utilizar líquidos inflamáveis, evite o vazamento. Caso isso ocorra, limpe bem o quanto antes;

– Escolha equipamentos como cobertores elétricos e aquecedores que tenham certificado de qualidade;

– Lembre-se de desligar o ferro de passar roupa sempre que não estiver por perto;

– Oriente crianças para que não se escondam em caso de incêndio antes que o acidente aconteça. A prevenção pode evitar que elas se escondam debaixo da cama ou armários durante a propagação da chama, o que dificulta a salvamento delas;

– Não sobrecarregue tomadas benjamins com muitos equipamentos potentes ao mesmo tempo.

Como lidar com os animais durante queima de fogos

10

 

1. Evite fugas: Feche bem as portas, janelas e gaiolas. No desespero, os animais tentam escapar;

2. Crie um refúgio: Coloque seu bicho num lugar onde ele se sinta seguro. Mantenha a luz acesa e, se ele estiver acostumado, deixe TV e rádio ligados. Converse e dê carinho;

3. Solte a coleira: Quando presos, muitos animais morrem por enforcamento, no desespero de fugir dos fogos e rojões. Se precisar isolar o pet, deixe-o fechado num quarto;

4. Acalme-o: Homeopatia, florais e acupuntura podem diminuir o medo e a ansiedade do seu animal, mas esses tratamentos devem ser feitos ao longo do ano. Em casos muito graves, converse com o veterinário sobre aplicar um sedativo;

5. Proteja a audição: É possível colocar chumaços de algodão nos ouvidos dos cães. Outra opção é levá-los para algum cômodo da casa de onde se escute os estrondos com menos intensidade. Essa última opção é a mais indicada para gatos e, obviamente, pássaros.

As vantagens de ter um lar pequeno

9

 

Preço – Com a metragem reduzida, o valor do imóvel também é menor, quando comparado a uma propriedade localizada na mesma região.

Contas – Já que o ambiente é menor, economiza-se também em contas de energia e água, pois a propriedade tem menos cômodos.

Imposto – Como o imposto de transmissão de bens imóveis (ITBI) e as custas para registrar a escritura de compra e venda ou o contrato de financiamento são calculados proporcionalmente ao tamanho do imóvel, quem mora em uma casa ou apartamento menor acaba economizando também na hora de pagar estas despesas.

Aconchego – Uma casa pequena é facilmente transformada em um recanto acolhedor, que convida a momentos intimistas, já que favorece a aproximação das pessoas e o compartilhamento do espaço.

A arquiteta ressalta que o pouco espaço favorece a integração dos moradores da casa. Eles não ficam dispersos, cada um em seus aposentos. Os membros da casa convivem de forma mais ativa.

Menos bagunça – O pouco espaço limita o excesso de bugigangas dentro de casa e só abre campo para o que é essencial.

Decoração – Já que o ambiente comporta pouca mobília e poucos artigos de decoração, o menos pode se transformar em mais. Cada peça ganha mais destaque e causa maior impacto.

Cooktop ou fogão? Saiba qual escolher.

8

 

Atualmente, existem no mercado três tipos de fogão: o fogão de chão (que é o modelo tradicional, solto do armário); o fogão de embutir (similar ao de chão, porém sem os pés, sendo embutido no armário); o fogão de mesa ou o cooktop e o fogão industrial.

Também há três tipos de cooktop. O cooktop a gás com chama e boca salientes, similar aos fogões tradicionais; o cooktop elétrico sem chama e sem boca saliente – ideal para ambientes integrados – e o modelo por indução, que só acende em contato com a panela, mantendo a superfície fria quando não utilizada, ideal para ambientes com crianças.

Para instalar o modelo mais adequado para a sua cozinha é preciso observar alguns itens, como, se o ambiente for integrado com a sala e se a cozinha é do tipo planejada, com móveis fabricados conforme projeto, não há dúvida de que a melhor escolha é o cooktop.

Para as casas muito populosas, onde a utilização da cozinha é intensa, aconselho o uso do fogão de chão ou embutido, que em geral possuem mais tecnologia, timer, melhores controles de temperatura, além de serem bem mais baratos.

 

 

Saiba que cuidados tomar durante as tempestades

7

 

A temporada de raios ocorre entre os meses de outubro e março, com maior concentração durante o verão. De acordo com o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), ocorrem mais de 50 milhões de raios por ano no Brasil.

Para prevenir danos, é recomendável que durante as tempestades, as pessoas evitem utilizar aparelhos eletrônicos conectados à fonte de energia, como televisão, computador, micro-ondas, entre outros, e se afastem de tomadas, janelas, vidraças e portas metálicas. Também é recomendável não atender ao telefone, exceto se o aparelho for sem fio.

Outra dica é não deixar vários aparelhos ligados na mesma tomada e, se possível, instalar estabilizadores de energia, como módulos isoladores ou no-break, nos aparelhos que necessitam estar diretamente ligados à rede elétrica, como computadores e impressoras.

A instalação do pára-raios também pode ajudar. Quem mora em casa deve procurar um especialista para a instalação correta. Quem reside em apartamento deve procurar a administração do condomínio para se certificar de que o equipamento esteja em condições ideais.